20 de janeiro de 2017

Uma forma de dizer, gosto de ti... !


Fazer um bolo, é o mesmo que dizer gosto de ti. Toma uns minutos de mim, toma o amor das minhas mãos e um doce da minha alma. 
Um bolo numa festa de aniversário, num baptizado, ou na chegada de um bebé, tem sempre presente o toque e a dedicação de alguém.


Ou, simplesmente para participar num desafio que tem vindo a surpreender pela variedade, pelo que se tornou e pelo carinho com que foi recebido. Que tem vindo a enriquecer conhecimentos e a perceber que existe no mundo tanto para aprender...
Medovik Cake... que elegância, que sabor delicioso, que boa ideia :-)
Obrigada meninas Lia, Lemon and Vanilla, toca a ti este bolinho ;-) e Susana Basta Cheio por tão enriquecedor passatempo.
Beijinhos e cá me esperem daqui a 30 dias :-)



Medovik Cake (Inspirado daqui)

Ingredientes (bolo)
2 ovos
150g de açúcar
4 colheres de sopa de mel
113 g de manteiga
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de sopa de vinagre
500 g de farinha

Ingredientes (recheio)
1 lata de leite condensado cozido (nota: usar duas latas)
170 g de manteiga em temperatura ambiente

Preparação (recheio)
Numa tigela bater a manteiga até ficar cremosa. Adicionar o leite condensado e mexer muito bem. Reservar.

Preparação (bolo)
Numa tigela misturar o açúcar os ovos e o mel. Colocar a tigela numa panela em banho-maria (com a água já a ferver) e adicionar a manteiga. Continuar a mexer até que o açúcar esteja dissolvido e misturado. Retirar.
À parte juntar o bicarbonato de sódio com o vinagre. Adicionar à mistura de ovos e mexer bem.  Aos poucos adicionar a farinha mexendo sempre, até ficar uma massa macia ao toque. Cobrir com película aderente e levar ao frigorífico por cerca de 20 minutos.
Retirar a massa e colocar numa superfície enfarinhada. Dividir em 7 parte iguais (ou mais). Importante serem iguais. Para ser mais seguro pesar cada pedaço.
Com a ajuda de um prato virado ao contrário fazer discos todos iguais (receita diz 50cm, mas eu fiz mais pequenos) e bastante finos (os meus ficaram demasiado grossos).
Ligar o forno nos 170º.
Colocar os discos que couberem num tabuleiro forrado a papel vegetal e levar ao forno cerca de 6 ou 7 minutos. Retirar e colocar a arrefecer sobre uma grade. Proceder do mesmo modo com todos os discos.
Com a massa de sobra fazer um círculo também fino. Irá servir para decorar.

Com a ajuda do prato e de uma faca acertar os discos para que fiquem iguais. Triturar grosseiramente os pedaços sobejantes e reservar.

Montagem
Espalhar um pouco de recheio no fundo de um prato. Colocar o primeiro círculo de bolacha e uma parte de creme. Novo círculo e novamente creme. Assim sucessivamente até terminarem os círculos. Barrar com o resto do creme e decorar com a bolacha triturada. Polvilhar com açúcar em pó (opcional)

Bom apetite



medovik cake

ingredients (cake)
2 eggs
150g sugar
4 tablespoons honey
113g butter
1 teaspoon baking soda
1 tablespoon vinegar
500g flour

ingredients (frosting)
2 can condensed milk

170 g butter at room temperature

preparation (frosting)

In a bowl beat the butter until creamy. Add the condensed milk and stir very well. Reserve.

preparation (cake)
In a bowl mix the sugar the eggs and the honey. Put the bowl in a pan in a water bath (with the water already boiling) and add the butter. Continue to stir until the sugar is dissolved and mixed. Remove.
Mix the baking soda with the vinegar. Add to the egg mixture and stir well. Gradually add the flour stirring constantly, until a dough soft to the touch. Cover with film and refrigerate for about 20 minutes.
Remove the dough and place on a floured surface. Divide into 7 equal parts (or more). Important to equal. To be safer weigh every bit.
With an upside down dish make disks all the same (recipe says 50cm, but I made smaller ones) and rather thin (mine got too thick).
Turn the oven on at 170º.
Put the disks that fit in a tray lined with parchment paper and take to the oven about 6 or 7 minutes. Remove and place to cool on a grid. Proceed in the same way with all discs.

With the leftover dough make a thin circle too. Will serve to decorate

With the dish and a knife, set the disks so that they are the same. Crush the remaining pieces roughly and reserve.

Assembly
Spread a little filling on the bottom of the dish. Put the first round of wafer and a piece of cream. New round and again cream. And so on until the circles are over. Spoon the rest of the cream and garnish with the crushed biscuit. Sprinkling with powdered sugar (optional)

Enjoy your food



Cake Stand SEMPRE lindo e elegante, da Patrícia. Podem ver aqui como são bonitos.
Beijos meninas :-)




13 de janeiro de 2017

Madalenas de baunilha com sal negro... e 4 anos de blog


O ano começa lentamente. 
O mês de Janeiro já vai quase a meio e o espírito vagueia por 2016 e pelos objectivos para 2017...
Durante 4 anos, o blog faz 4 anos, PARABÉNS a ele ;-), rodeei-me de pessoas que chegaram e passaram, outras que chegaram e ficaram no coração. Rodeei-me, e agora não há nada a fazer, de props, formas, retalhinhos de tecido, madeiras recolhidas aqui e ali, nem digo onde :-). Os armários encheram-se de louças, talheres, tacinhas. De materiais para bolos e festas. E livros... muitos livros.
O blog trouxe-me muitas coisas boas, felizmente em maioria, mas também algumas tristezas e decepções.


Entre acontecimentos, a vida, um cai e levanta que serve de experiência, um acordar diário, feliz pelo sol existir, uma festa aqui ou um passeio acolá e receitas, centenas de receitas, partilho aqui um pouco do que faço. 
Dou o meu melhor utilizando tudo o que aprendi. Desde os workshops que frequentei para melhorar receitas, fotografia, ambientes, a tudo o que li. 
Perfeição... nunca atingirei mas nada nem ninguém é perfeito! E eu gosto. Gosto de pesquisar receitas, de sonhar com o ambiente que vou usar. O pensamento rodopia nos props, na colher ou garfo, no cake stand ou no prato. E eu fico ansiosa por sair do trabalho, ir para casa e pôr em prática tudo o que mentalmente já fiz. Nem sempre sai o que imagino, mas vale o encanto e o amor com que o faço.
Valem os resultados. Vale a evolução. Evolui sim, principalmente na fotografia e não caibo em mim de orgulho. 
2017 é para deixar para trás, excluir da vida o que não interessa e focar-me no que realmente tem valor, nas pessoas... na família, nos amigos.
E fazer receitas como estas madalenas, deliciosas, fofíssimas. Um sabor intenso entre o doce e as pequenas pedras de sal negro, moído no momento. Quem consegue parar de comer?
Vai uma... ou duas?



Madalenas de baunilha com sal negro (inspirado daqui)
"Manger" Blog - Mimi Thorisson

Ingredientes
130g de açúcar
2 colheres de sopa de mel
1/4 de colher de chá de sal negro daqui
3 ovos
2 colheres de chá de pasta de baunilha
150g de farinha
1 colher de chá de fermento
125g de manteiga derretida e a temperatura ambiente

Preparação
Misturar muito bem o açúcar, o mel, o sal negro, e os ovos numa tigela até ficar com uma cor pálida e cremosa. Adicionar a pasta de baunilha e mexer até incorporar. Noutra tigela juntar a farinha com o fermento e misturar muito bem. Peneirar a farinha para o creme lentamente apenas envolvendo. Adicionar a manteiga derretida. Cobrir com película aderente e deixar pelo menos 2 horas no frigorífico ou durante a noite.
Pré-aquecer o forno a 180º. Untar e polvilhar formas de madalenas.
Dividir a massa pelas formas, sem encher demasiado e assar por 12 minutos ou até as madalenas ficarem douradas. 
Salpicar com o sal negro, opcional, ou deixar na latinha para as crianças se servirem ao pequeno almoço.







vanilla madeleines 
with black salt

ingredients
130g sugar
2 tablespoons honey
1/4 teaspoon black salt
3 eggs
2 teaspoons vanilla paste
150g flour
1 teaspoon baking powder

125g of melted butter at room temperature

preparation
In a bowl mix the sugar, honey, black salt, and eggs very well until it is pale and creamy. Add the vanilla paste and stir until incorporated. In another bowl combine the flour with the baking powder and mix very well. Sift the flour into the cream slowly just wrapping. Incorporate the melted butter. Cover with film and leave at least 2 hours in the refrigerator or overnight.
Preheat the oven to 180º. Grease and sprinkle shapes of madeleines.
Divide the dough into the shapes without filling too much and bake for 12 minutes or until the madeleines are golden.
Splash with black salt, optional, or leave in the tin for your children breakfast.







25 de dezembro de 2016

Pudim de ovos... e é tempo!


Mais um Natal passou! Mais uma noite de presentes abertos entusiasticamente e mais uma vez a alegria das crianças bem demarcada nos seus rostinhos. O Pai Natal foi generoso e os sapatinhos continham muitas surpresas agradáveis, para miúdos e graúdos :-)


Mais um ano passou. De coisas boas e outras menos boas. De acontecimentos surreais. Da alegria do nascimentos de primos, mais membros para a família, a notícias tristes de amigos que desaparecem. 
Faz tudo parte. Aprendemos a viver. Aprendemos a ver quem nos quer bem e quem é indiferente. Aprendemos a guardar os amigos verdadeiros.
Caminhamos a passos largos para entrar num novo ano. Um ano que se perspectiva de mudança, de tomada de decisões. Importantes ou não, difíceis ou fáceis, mas necessárias.


Mas enquanto não chega o novo ano, é tempo de fazer o "menu" de boas vindas a 2017. Há sempre aquelas receitas tradicionais onde nunca falta o bolo rei, o arroz doce ou a aletria. Trufas e sonhos também se comem e lá está o bolo de coco e as rabanadas. E, claro, como não pode deixar de ser o elegante pudim de ovos
Por aqui o pudim de ovos tem de fazer parte da saída e da entrada do novo ano. Sempre faço a receita da família, mas este ano quis repetir um pudim que fiz há um tempo atrás. O pudim de ovos da chef, que cozinha ao som de blues (li isto algures), a sempre especial Filipa Gomes.



Pudim de ovos (Inspirado daqui)
"24 kitchen" - Filipa Gomes (Prato do Dia)
Ambiente inspirado daqui, só porque me ofereceram esta manta LINDA de morrer e... lembrei-me da doce Su

Ingredientes
1  chávena de açúcar
½ de chávena de água
2  chávenas de açúcar branco 
2  chávenas de leite gordo
2  chávenas de ovos
1  limão grande
1  colher de chá de essência de baunilha
(Medida: chávena 240ml)

Preparação
Num tachinho juntar ½ chávena de água com uma chávena de açúcar. Deixar ferver em lume médio até ficar em caramelo. Espalhar pela forma e reservar.
Entretanto fazer o pudim juntando duas chávenas de açúcar com as raspas de 1 limão e esfarelar com as mãos para ajudar a soltar os aromas. Acrescentar duas chávenas de ovos inteiros e peneirados, e envolver bem sem bater demasiado.
Por último acrescentar duas chávenas de leite gordo e mexer até não sentir os cristais de açúcar. Acrescentar a colher de chá de extracto de baunilha.
Deitar o creme na forma previamente caramelizada, tapar e levar ao forno pré-aquecido a 180º, dentro de um tabuleiro com água.
Deixar cozer por 1 hora a 1h30h .
Depois de retirar deixar arrefecer completamente e desenformar regando com o caramelo que fica agarrado ao fundo da forma.






egg pudding

ingredients
1 cup of sugar
½ cup of water
2 cups white sugar
2 cups whole milk
2 cups of eggs
1 large lemon
1 teaspoon vanilla extract
(measure: cup 240ml)

preparation
On a small pan add ½ cup of water with a cup of sugar. Bring to a boil over medium heat until tender. Spread by the pan and reserve.
Meanwhile make the pudding by adding two cups of sugar with the zest of 1 lemon and crumble with your fingers to help release the aromas. Add two cups of whole and sifted eggs, and wrap well without hitting too much.
Finally add two cups of fat milk and stir until you do not feel the sugar crystals. Add the teaspoon of vanilla extract.
Pour the cream into the previously caramelized form, cover and take to the oven preheated to 180º, inside a tray with water.
Leave to cook for 1 hour to 1h30h.
After removing leave to cool completely and unmold watering with the caramel that sticks to the bottom of the shape.



Por aqui o pudim já adoçou a mesa de Natal, mas vai com certeza adoçar novamente a mesa do jantar de família para as entradas do Novo Ano :-)
Feliz 2017
E, em jeito de Filipa... comam bem e sejam felizes :-)




Feliz 2017



20 de dezembro de 2016

Saint Lucia Saffron Buns (Lussekater)... e é novamente Natal :-)


Parece impossível, mas ainda há tão pouco tempo foi Natal e já é novamente...
Gosto da azáfama das compras. De andar cheia de sacos (de papel) pendurados nos braços. De ver as luzes coloridas e os centros comerciais com músicas de Natal.
As crianças andam alegres, com enormes espectativas do que trará o Pai natal no seu grande saco. 
- Será que me portei bem o suficiente? Esforcei-me tanto nos estudos!
No entanto é necessário não exagerar. Não dar demasiado, não oferecer o luxo. Não sabemos se um dia eles vão poder suportar tudo isso. Temos de os preparar para qualquer dificuldade futura. Habituar a ter o essencial, o que gostam sim, mas não tudo o que pedem. Por vezes mais vale o presente que realmente dão valor, do que meia dúzia de coisas, só para fazer monte no sapatinho


Com o Natal vêm as decorações das ruas. As avenidas iluminam-se a quase parecer de dia. E nós, como já é tradição, fazemos o passeio pela Baixa, Almirante Reis, Areeiro... As luzinhas, sempre com desenhos e a grande árvore na Praça do Comércio. Linda, imponente, dando vida à cidade e lembrando que É Natal.


O passatempo Sweet World transformou-se numa escola de pastelaria. Cada mês conheço uma receita nova. Cada mês apercebo-me do tanto que tenho para aprender do que se faz por esse mundo fora. E sabem... adoro!
Esta receita foi a que mais gostei de todas as que já fiz... engraçados na confecção e deliciosos no sabor. Tanto que me preparo para os ter na mesa de natal. Em forma de coroa, quem sabe :-)
Muito obrigada, meninas lindas. Lia, do Lemon and Vanilla e Susana, do Basta Cheio. O vosso passatempo enche-me o coração.
Susaninha, para ti envio estes caracóis de açafrão. Saint Lucia Saffrons Buns, vão comigo na bagagem para o meu Natal em família.


Saint Lucia Saffrons Buns (Lussekater) (inspirado daqui)
"Green Kitchen Stories" Blog - David, Luise & Elsa (and another baby now)

Ingredientes
1 colher de sopa de fermento seco
1/2 colher de chá de sal marinho
1 g de açafrão em pó
60 g de manteiga
1 chávena de leite de soja
6 colheres de sopa de xarope de ácer (Maple syrup)
2 colheres de sopa de manteiga de amêndoa (opcional)
5 colheres de sopa de iogurte grego
450 g de farinha de espelta (usei metade espelta integral e metade espelta branca)
passas para decorar
1 gema de ovo, batida para pincelar

Preparação
Misturar a levedura seca, o sal e o açafrão numa tigela grande e reservar. Derreter a manteiga numa panela de tamanho médio, em seguida, adicionar o leite, o xarope de ácer e a manteiga de amêndoa. Deixar aquecer até aos 40 °. Bater vigorosamente para dissolver a manteiga de amêndoa. Despejar a mistura na tigela onde está a levedura. Adicionar o iogurte e mexer até dissolver. Misturar as duas farinhas e adicionar 2/3. Mexer em redor com uma colher de madeira até que esteja grossa bastante para amassar com as mãos. Adicionar mais farinha até que a massa seja fácil de trabalhar e se tenha transformado numa bola redonda que não pegue às mãos. Cobrir a tigela com um pano de cozinha e deixar levedar num lugar quente por cerca de uma hora, ou até dobrar de tamanho e com bolinhas de ar. Eu coloquei no forno ligado no mínimo.
Transferir a massa para uma superfície levemente enfarinhada e amassar por um minuto. Formar uma espécie baguette. Dividir em 15 partes iguais e, usando as mãos, rolar cada parte numa corda longa com cerca de 1 cm de diâmetro. Em seguida, rolar ambas as extremidades apertando na direcção oposta formando um S. Colocar  os bolinhos, bem espaçados num tabuleiro de forno, cobrir com um pano e reservar em um local quente para levedar novamente durante cerca de 30 minutos. Colocar no microondas. Enquanto isso, pré-aquecer o forno a 220 °. Pincelar os bolos com uma gema de ovo e, em seguida, colocar uma uva passa em cada círculo. Assar os bolinhos até dourar no topo, cerca de 7-9 minutos. Transferir para uma grelha e deixar esfriar um pouco. 
Armazenar os bolinhos num recipiente hermeticamente fechado durante cerca de uma semana. Mas são muito melhores acabados de sair do forno :-)
Video da receita aqui. Adoro!




saint lucia saffrons buns
(lussekater)

ingredients
1 tbsp dry active yeast
1/2 tsp sea salt
1g saffron powder
60g butter
1 cup soy milk 
6 tbsp maple syrup
2 tbsp almond butter 
5 tbsp greek yogurt 
4 cups spelt flour (I use half whole and half light)
raisins
1 egg yolk, beaten, for brushing

preparation
Stir dry yeast, salt and saffron in a large mixing bowl and set aside. Melt butter in a medium size sauce pan, then add milk, maple syrup and almond butter and heat until 100F (40°C). Whisk vigorously to dissolve the almond butter. Pour the mixture into the mixing bowl with yeast. Add yogurt and stir around until dissolved. Mix both flour and add 2/3. Stir around with a wooden spoon until it is thick enough to knead with your hands. Add more flour until the dough is easy to work with and has formed into a round ball that doesn’t stick to your hands. Cover the bowl with a kitchen cloth and leave to rise in a warm place for about an hour, or until double in size and full of air pockets.
Transfer the dough to a lightly floured surface and knead for a minute, form it into the shape of a baguette. Divide it into +/- 15 equal pieces and, using your hands, roll each piece into a long 1/2-inch ( about 1 cm) thick string. Then roll both ends tight in opposite direction into an S-shaped bun. Place buns, well spaced apart, on 2 baking sheets, cover with a cloth and set aside in a warm spot to rise for about 30 mins. Meanwhile, preheat the oven to 425°F (220°C). Brush the buns with an egg yolk or water and then place one raisin in each circle. Bake the buns until golden brown on top, about 7-9 minutes. Transfer to a wire rack to let cool slightly. 
Store buns in an airtight container for up to a week, but of course they taste best fresh from the oven.
Recipe Video here. Love it!
:-)




De todos os bolinhos que já foram feitos para este delicioso passatempo, estes foram, sem dúvida nenhuma, os que mais AMEI! Uma delícia... Obrigada meninas por esta excelente ideia.




Pin It button on image hover