20 de fevereiro de 2018

Patas de veado (com uma pequena distracção) ao lado de uma entusiasmante actividade de ar livre


Não há dúvida que o tempo passa a correr e parece que quanto mais corre, mais a velocidade vai aumentado. A semana passa num flash e rapidamente é fim de semana outra vez.
O blog está mesmo a 1/2 - 3/4 paradito, quer por falta de tempo quer por não querer colocar receitas só porque sim. A luz do dia vai-se bastante cedo e os fins de semana têm sido divididos entre aniversários, encomendas, família, passeios e uma actividade nova na qual estou empenhadíssima e entusiasmadíssima; geocaching.
Não sabia da existência desta comunidade/actividade estupenda que se realiza ao ar livre e que me proporciona umas boas caminhadas. Fiquei viciada desde a primeira que vez que fiz ;-)


Trata-se de uma espécie de caça ao tesouro através de coordenadas de GPS indicadas por quem escondeu a cache. Uma aplicação que instalamos no telemóvel.
Quem pratica desloca-se ao local indicado e procura uma caixa, (geocache ou cache), que se encontra escondida. Estas caches estão, normalmente, num lugar com alguma história ou tipo de interesse; uma paisagem linda para fotografar, no meio de uma cidade, atrás de uma cascata, dentro de uma árvore, ou apenas disfarçada na natureza.
O objectivo é promover ou dar a conhecer novos locais e descobrir pequenos "tesouros" escondidos em objectos do nosso dia a dia, que passam despercebidos. E existem milhares espalhadas por todo o mundo, sim, todo o mundo...


Esta minha nova actividade proporciona-me caminhadas por trilhos por vezes incertos, paisagens maravilhosas em lugares que desconhecia, convívios, amizades, risadas e por fim uma sensação de missão cumprida, tal qual uma criança que encontra o tesouro que tanto procurava.
A verdade é que uma alegria se apodera de mim quando consigo encontrar a "cache". Uma assinatura juntamente com centenas de outras que já lá estão e mais uma para a soma das encontradas. 
Sozinha ou acompanhada lá vou descobrindo novos locais e novas "caixinhas".
Sempre que vou a algum lado, não resisto a ligar o GPS e ver onde andam "caixinhas" escondidas. É deveras uma aventura, mesmo :-)


E é também uma aventura, todos os dias 20 de cada mês; as meninas Lia e a Susana lançam desafios docinhos no passatempo Sweet World e dão-nos a conhecer receitas maravilhosas e desconhecidas. Outras nem tanto, como as Patas de Veado. Confesso que sempre as vi nas montras de pastelaria, mas nunca tinha comido. Na verdade não sou muito de bolos confeccionados em pastelaria, tirando as bolas de berlim do Natário em Viana, os croissants do Bom Gosto em Famalicão e as tíbias em Braga :-)
São para ti Susaninha, estas patitas de veado que deliciaram por aqui alguns meninos e meninas :-)
Apesar de ter feito uma variação de todas cobertas com coco, tirei o efeito de pata, distracção típica da minha pessoa :-( estavam boas na mesma!



Patas de veado (versão distraída da DonaBiscoito)

Ingredientes (doce de ovos)
180g de açúcar
150ml de água
6 gemas

Ingredientes (torta)
3 ovos
o mesmo peso dos ovos em açúcar
½ do peso dos ovos em farinha

Ingredientes (cobertura)
coco ralado
canela

Preparação (doce de ovos)
Juntar num tachinho a água e o açúcar e mexer até dissolver. Levar ao lume sem mexer até atingir o ponto pérola, 107º C.  Retirar do lume e deixar arrefecer cerca de 10 minutos. Juntar, a calda às gemas, já batidas anteriormente.
Deitar novamente no tachinho e levar a lume brando, tendo o cuidado de mexer constantemente até engrossar. Retirar e reservar para arrefecer completamente.

Preparação (torta)
Untar um tabuleiro de forno de 30x20cm e forrar o fundo com papel vegetal. Polvilhar com farinha.
Bater os ovos com o açúcar até obter uma massa fofa e volumosa. Adicionar a farinha aos poucos envolvendo delicadamente.
Deitar no tabuleiro e levar ao forno sem deixar cozer demasiado, cerca de 10 minutos. Verificar se descolou dos lados e retirar. Salpicar com açúcar colocar um pano de cozinha por cima e virar o tabuleiro para um balcão. Desta forma o açúcar não voará ao tombar o bolo em cima. Retirar o papel vegetal e enrolar imediatament pelo lado mais largo, deixando o pano por dentro enquanto se vai enrolando. Deixar que esfrie completamente.

Montagem
Cuidadosamente desenrolar a torta e barrar com doce de ovos.
Voltar a enrolar apertando um pouco. Cortar a torta em 4 bocados e esses 4 voltar a cortar mas na diagonal.
Barrar com doce de ovos e passar  SÓ EM VOLTA por coco ralado. No topo (SEM COCO) desenhar um fio de canela. 
Servir a colegas gulosos ;-)


stag feet 
(portuguese recipe)

ingredients (sweet egg yolk)
180g of sugar
150ml of water
6 yolk

ingredients (cake)
3 eggs
the same weight of eggs in sugar
½ weight of eggs in flour

ingredients (topping)
grated coconut
cinnamon


preparation (sweet egg yolk)
Add water and sugar in a saucepan and stir until dissolved. Bring to the heat without stirring until reaching the pearl point, 107º C. Remove from heat and let cool about 10 minutes. Add the syrup to the yolks,  previously beaten

Return to the saucepan again and bring to boil, taking care to stir constantly until thick. Remove and set aside to cool completely.

ingredients (cake)
Grease a tray of 30x20cm and line the bottom with parchment paper. Sprinkle with flour.
Beat the eggs with the sugar until become a fluffy and bulky dough. Add the flour gradually wrapping gently.
Pour into the pan and bake in the oven without baking too much, about 10 minutes. Check for detachment from the sides and remove. Splash with sugar put a kitchen cloth over and turn the tray to a table. Remove the parchment paper and curl immediately leaving the kitchen cloth inside while curling. Allow to cool completely.

assembly
Carefully unwrap the pie and spread with sweet egg yolk.
Squeeze back a little. Cut the pie into 4 bites and these 4 re-cut but diagonally.
Sweep with  sweet egg yolk and envolve ONLY AROUND with coconut. At the top (WITHOUT COCONUT) draw a cinnamon line.



Beijocas, girls.





14 de fevereiro de 2018

Dia de S. Valentim para quem amamos...


Que dizer deste dia? Que dizer do Dia dos Namorados?
Deveria ser um dia igual a todos os dias, para que todos os dias fossem dias de amar, de beijar, de mimar, de acarinhar.
Não é preciso ser namorado ou namorada, marido ou esposa, filho ou filha para celebrar o amor. Podemos amar um amigo ou uma amiga, amar o mar, o verde, as rochas, apenas de coração, sem história, porque uma história tem princípio, meio e fim. E um amor deverá ser como se estivesse sempre no princípio...
Decreto todos os dias para amar, para namorar... para lembrar quem não sai de nós. 
Assim como para fazer bolachinhas e decorar de forma igual ao que sentimos no fundo da alma.






Bolachas de baunilha

Ingredientes
300g farinha sem fermento
100g de manteiga
145 de açúcar
1 ovo
1 colher de chá de essência de baunilha
1/2 colher de chá de sal
1 colher de chá de fermento
Pasta de açúcar à escolha

Preparação
Misturar a farinha com a manteiga e o açúcar. Adicionar o ovo já batido, a baunilha o sal e por fim o fermento.
Misturar com as mãos até que forme uma bola moldável. Estender com um rolo e cortar com um cortante à escolha. Neste caso um coração.
Levar a forno médio cerca de 25 minutos até ficarem levemente douradas.
Deixar arrefecer completamente e decorar com pasta de açúcar usando o mesmo cortante das bolachas. Oferecer a quem mais amam :-) 





valentine's 
vanilla cookies

ingredients
300g flour
100g butter
145 sugar
1 egg
1 teaspoon vanilla essence
1/2 teaspoon of salt
1 teaspoon baking powder
fondant

preparation
Mix the flour with the butter and sugar. Add the beaten egg, the vanilla, the salt and finally the baking powder.
Mix with your hands until forms a moldable ball. Extend with a roller and cut with a cutter of your choice. In this case a heart
Bring to medium oven about 25 minutes until lightly browned.
Allow to cool completely and decorate with fondant using the same cutter of the cookies. Offer to one who you love most :-)



Feliz Dia de São Valentim 



19 de janeiro de 2018

Lamington Cake... e nunca há uma certeza :-)


Não consigo pensar em viver com certezas. Como se tudo pudesse ser bem delineado, programado, branco ou preto e objectivo, como se tem a certeza da existência do mar e do céu.
Sabemos hoje, o que somos e o que queremos. Temos planos que parecem perfeitos e a clara convicção de que nunca faremos e seremos isto ou aquilo. Mas... por acontecimentos de uma fracção de segundos, por pessoas novas que conhecemos, por um carro que passa um instante depois de atravessarmos, por um choque no dobrar de uma esquina, por um emprego novo, por uma conversa amena com amigos... tudo pode mudar.



Sei que farei coisas sem pensar, que direi coisas que possam magoar, mas que imediatamente me arrependerei e pedirei desculpa com o coração igualmente magoado. Sei que ser feliz depende de mim, do que sou para os outros, de como encaro um tropeço, uma contrariedade, uma alegria, um amor.
Depende unicamente de mim dizer que quero, ou não quero. Depende de mim dizer um não quando poderia ser um sim, mas nunca dizer um tímido sim no momento do verdadeiro não.
Sei que terei momentos em que não hei-de conseguir, mas também não haverá problema nenhum, o equilíbrio surge sempre do desequilíbrio. Viverei com as minhas mal ou bem tomadas de decisão.
E sou eu, assim, perfeita com todas as minhas imperfeições e saberei que no momento certo encontrarei as respostas para o que preciso

Felicidade é construir-mo-nos. Felicidade é superar-mo-nos. Mudarei ou não, sempre que acreditar na minha escolha. Não posso escolher o que chega até mim, mas posso escolher o que fazer com o que chega :-)

E vou fazer chegar à minha querida Lia, estes Lamingtons, que vão cobertos de miminhos para o passatempo Sweet World da Lia, Lemon and Vanilla e Susaninha do Basta Cheio.




Lamington cake

Ingredientes (bolo)
180g de manteiga a temperatura ambiente
¾ chávenas de açúcar
1 colher de chá de pasta de baunilha 
3 ovos, ligeiramente batidos
3 chávenas de farinha 
¾ chávenas de leite
1 colher de chá de fermento

Ingredientes (cobertura)
200g chocolate em barra
140ml de natas
40g manteiga sem sal
​coco​ em duas tigelas separadas

Preparação (bolo)
Preparar uma forma rectangular untada e forrada com papel vegetal. 
Misturar a manteiga com o açúcar e a baunilha até ficar um creme leve e macio. Deitar os ovos, um de cada vez, batendo bem entre cada adição. Juntar a farinha com o fermento e o leite alternadamente e apenas envolver. Colocar a mistura numa forma e alisar.
Ligar o forno a 180º e cozer durante cerca de 45 minutos, dependendo do forno. Antes de retirar, fazer o teste do palito espetando no bolo. Se este sair seco está pronto. 
Manter na forma durante 10 minutos. Retirar para uma grade e deixar arrefecer completamente.

Preparação (cobertura)
Cortar o chocolate em pedacinhos e reservar. Num tachinho de ir ao lume deitar as natas e deixar aquecer. Baixar o lume e adicionar o chocolate partido. Mexer até derreter. Desligar o lume e juntar a manteiga em pedaços. Envolver até incorporar tudo. 

Montagem 
Recortar os lados e o topo do bolo. Cortar em quadrados. Com ajuda de dois garfos embeber os quadrados no chocolate e passar pelo coco. Pousar num tabuleiro e repetir com todos os quadrados. No final passar novamente os quadrados pela segunda tigela de coco para ficarem mais densos, branquinhos e bem envoltos em coco.
Bom apetite 





lamington 
cake

ingredients (cake)
180g butter, softened

¾ cup caster sugar

1 tsp vanilla paste

3 eggs, lightly beaten

3 cups flour
¾ cup milk
1 tsp baking powder

preparation (cake)
Cream together the butter, the sugar and the vanilla until light and fluffy. Gradually beat in the eggs, beating well between each addition. Fold in the flour, baking powder and milk until combined. Spoon the mixture into a greased and lined slice pan.
Bake in a moderate oven 180°C for 45 minutes or until cooked when tested. Stand 10 minutes then turn out onto a wire rack. Let cool.

preparation (topping)
Chop the chocolate into small pieces and set aside. On a small saucepan, pour in the cream and let it warm. Lower the fire and add the chopped chocolate. Stir until melted. Turn off the heat and add the butter in pieces. Involve to incorporate everything.

assembly
Divide the coconut between two bowls. Trim and then cut the cake into rectangles. Dip each cake in chocolate mixture, allow excess to drop off and then use two forks to toss in one bowl of coconut. Set aside on a wire rack and repeat with remaining cakes. For a clean white finish toss each cake in the second bowl of coconut.









Um fim de semana recheado de bons momentos, boas decisões, bolinhos deliciosos e nunca desistir ... de ser feliz :-)



11 de janeiro de 2018

Receber 2018 "take two" - Bolo de Gengibre


A segunda receita que trago da Passagem de Ano veio daqui: Sweet Gula e tem aquele gostinho Natal, de mesa cheia, de refeições completas; o cheirinho se especiarias. Húmido por dentro, não deixei cozer muito, fez igualmente o seu sucesso na entrada do novo ano :-)


Bolo de Gengibre (inspirado daqui)
"Sweet Gula" blog - Célio Cruz

Ingredientes
540 g de farinha s/ fermento
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
2 colher de chá de canela em pó
2 colher de chá de gengibre em pó
1 colher de chá de cardamomo em pó
1 colher de chá de noz moscada em pó
4 ovos
240 g de açúcar amarelo
200 ml de mel
1 colher de chá de raspa de laranja
1 colher de chá de gengibre fresco ralado
250 g de manteiga
200 ml de natas
300 ml de leite
açúcar em pó para polvilhar
bagos de romã para servir (opcional)

Preparação
Pré-aqueçer o forno a 180ºC.
Untar com manteiga e polvilhar com farinha uma forma (grande). Eu usei spray anti-aderente. Reservar.
Numa taça misturar a farinha peneirada com o bicarbonato de sódio, o fermento, o sal, a canela, o gengibre em pó, o cardamomo em pó e a noz moscada. Reservar.
Bater os ovos com o açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado.
Adicionar o mel, a raspa de laranja e o gengibre fresco. Bater mais um pouco até obter um creme suave.
Derreter a manteiga no microondas e juntar as natas e o leite. Mexer com uma vara de arames para envolver.
Alternadamente, adicionar em três vezes a mistura de farinha e especiarias e a mistura de manteiga e natas à mistura de açúcar e ovos. Envolver bem com uma espátula após cada adição, mas sem bater demasiado.
Verter a massa na forma reservada e levar ao forno por cerca de 55 minutos. Antes de retirar do forno fazer o teste do palito para verificar a cozedura.
Retirar o bolo e deixar arrefecer dentro da forma cerca de 10-15 minutos. Desenformar e deixar o bolo arrefecer completamente sobre uma grelha.
Depois de frio polvilhar com açúcar em pó e servir com bagos de romã.

Levar para uma passagem de ano entre amigos e ser feliz.


 bundt ginger 
cake

ingredients
540g  all purpose flour
1 teaspoon baking soda
1 teaspoon baking powder
1 pinch of salt
2 teaspoon ground cinnamon
2 teaspoon ginger powder
1 teaspoon of cardamom powder
1 teaspoon of nutmeg powder
4 eggs
240g of yellow sugar
200 ml of honey
1 teaspoon orange zest
1 teaspoon grated fresh ginger
250g butter
200ml of cream
300ml of milk
powdered sugar for sprinkling
pomegranate berries to serve (optional)

preparation
Preheat the oven to 180ºC.
Spread with butter and sprinkle with flour one (large) pan. I used non-stick spray. Reserve.
In a bowl mix the sifted flour with baking soda, baking powder, salt, cinnamon, ginger powder, cardamom powder and nutmeg. Reserve.
Beat the eggs with the sugar until become a fluffy and whitish cream.
Add honey, orange zest and fresh ginger. Squeeze a little more until you get a soft cream.
Melt the butter in the microwave and combine the cream and  the milk. Stir carefully..
Alternately add in three times the mixture of flour and spices and the mixture of butter and cream to the mixture of sugar and eggs. Wrap well with a spatula after each addition, but without hitting too much.
Pour the dough into the reserved pan and bake for about 55 minutes. Before removing from the oven, test with a toothpick to check the cooking.
Remove the cake and let cool inside the pan about 10-15 minutes. Unmold and allow the cake to cool completely on a rack.
After cold sprinkle with powdered sugar and serve with pomegranate berries.

Have a nice 2018



5 de janeiro de 2018

Receber 2018 "take one" - Panna Cotta de café


Não é um post com uma história para contar. É uma receita...
É uma das três sobremesas que fizeram a passagem de ano numa mesa rodeada de amigos. Com conversas, gargalhadas e boa comida. Obrigada L e F :-)
Aqui vai a primeira.


Panna Cotta de café (inspirado daqui)
"Quiero Cupcakes blog" - Pam & Fer

Ingredientes
60ml de água fria
10g de gelatina em pó / 6 folhas
500 ml de natas de bater
200 ml de leite
10g de café solúvel
120g de açúcar
xarope de café
caju picado

Preparação
Começar por deitar a gelatina na água, mexer bem e deixar a repousar por 10 minutos para hidratar e absorver a água.
Num tachinho de levar ao lume deitar as natas, o leite, o café e o açúcar. Ligar em lume médio e mexer até ligar tudo muito bem. Quando começar a ferver apagar o lume e deitar a gelatina hidratada. Mexer muito bem até que a gelatina se dissolva completamente.
Usar uma forma anti-aderente untada com óleo girassol ou borrifada com spray (anti-aderente), verter a mistura. Usar uma forma pequena para a panna cotta não ficar longe da berma e assim ao desenformar não cair de muito alto, correndo o risco de partir. Um truque é despejar a mesma quantidade de água que de mistura e ver qual a forma mais adequada.
Deixar repousar para esfriar um pouco e colocar no frigorífico durante, pelo menos 4 horas ou durante a noite.
Para desenformar despegar a panna cotta das paredes da forma, incluindo o centro e desenformar para um prato.
Verter o xarope de café por cima e salpicar com caju picado.
Feliz 2018


coffee 
panna cotta

ingredients
60ml cold water
10g gelatin powder / 6 sheets
500 ml whipping cream
200 ml of milk
10g of soluble coffee
120g of sugar
coffee syrup
chopped cashew

preparation
Start by pouring the gelatin in the water, stir well and let it stand for 10 minutes to moisturize and absorb the water.
On a small saucepan, pour the cream, milk, coffee and sugar. Turn on medium heat and stir until everything is set very well. When it starts to boil, extinguish the heat and pour in the hydrated gelatin. Stir well until gelatin dissolves completely.
Use an anti-adherent pan smeared with sunflower oil or sprayed with spray (anti-adherent), pour the mixture. Use a small shape for the panna cotta not to stay away from the berm and thus when unforming do not fall from too high, at the risk of breaking. One trick is to pour the same amount of water as the mix and see which is the most appropriate.
Let stand to cool slightly and put in refrigerator for at least 4 hours or overnight.
To unmold take off the panna cotta from the walls of the pan, including the center, with your fingers and unmold onto a plate.
Pour the coffee syrup over and sprinkle with chopped cashew.

Happy 2018



29 de dezembro de 2017

A mesa de Natal que levei comigo para o Norte e para a mesa de família


Natal é mesa cheia de família, de flores, de doces, de pratos bonitos e copos brilhantes. É mesa cheia com o bacalhau a fumegar, as couves verdinhas, as sobremesas que sempre estão nesta época; o pudim de ovos, o bolo de côco,  as frutas cristalizadas, o bolo rei, um bom vinho e este ano acrescentei uns húngaros deliciosos. Enfim, as receitas que combinam com a época natalícia e risadas, muitas risadas.
É sala de mesa grande, de árvore com luzinhas cintilantes. Barulho de crianças que correm à volta da casa, numa excitação pela espera dos presentes. Natal é vermelho, é azevinho, é um lugar destinado a cada um, com amor, com a lembrança de que cada cadeira pertence àquela pessoa.


Apostei no cinzento e vermelho, neste Natal. Foi difícil encontrar a toalha de mesa... queria um cinzento não muito escuro e com um pouco de mesclado. Sou teimosamente persistente quando toca a realizar o que imaginei. E quando vejo exactamente o que quero, é o meu momento de felicidade :-)
Num passeio pelo Ikea e numa derradeira tentativa de um tecido a metro, que também não encontrei, percebi que na secção de cortinados estava a minha toalha de Natal. Pronto, está bem, era um cortinado!... mas que importa? Uma máquina de costura e a imaginação trouxe-me duas toalhas de mesa graaandes, argolas de guardanapo e um apontamento para a jarra de flores.
Nada mais bonito que uma mesa bem decorada, personalizada, comida boa e família alegre.
Assim se faz um Natal, simples e perfeito.
Venha o Ano Novo e que 2018 traga tudo o que cada um, no seu coração, mais deseja.


















Nota engraçada :-) Os talheres são da antiga Intério, no Chiado. Modelo Aura da Wilkens. Comprados uma peça por mês, quando estava ainda na faculdade, a mesada não dava para mais,(risos). Amei-os à primeira vista, sou eu... assim. Fiz um faqueiro completo, de dois de cada :-) E são LINDOS... não são?
Quem sabe um dia termino com os 12 e as outras peças de servir...







 Feliz 2018 e continuem por aqui :-)



Pin It button on image hover